quarta-feira, 13 de julho de 2011

Residentes da Uneb campus XIV de Conceição do Coité,reivindicam melhorias.

Na manhã desta terça-feira 12, os moradores da República Universitária da cidade de Conceição do Coité, resolveram ocupar as instalações da UNEB campus XIV. A ocupação foi de forma pacífica. Na segunda-feira 11, ocorreu uma reunião com a diretora do campus, Joselita Gabriel Silva e os residentes, onde os estudantes questionaram a renovação do contrato da casa, que não houve uma consulta com os mesmos. Ela afirmou que uma visita tinha sido feita e que iria tomar providências. Cansados de esperar, os estudantes resolveram ocupar uma das salas de aula da universidade. De acordo com Ícaro Rebouças, coordenador da casa dos estudantes e morador, não foi passado nenhum comunicado para ele e os demais sobre a renovação do contrato, caracterizando assim, uma decisão unilateral. "A residência nunca foi um paraíso", relatou Denise Barbosa, residente na casa há mais de quatro anos. Ela afirma que há infiltrações nas paredes dos quartos e dos banheiros, e a casa não oferece nenhuma segurança. Na manhã desta terça, houve uma nova reunião com Djair, representante do Núcleo de Assistência Estudantil (NAE), que demonstrou total apoio para os residentes, afirmando que conversou com a diretora e ela disse que houve visitas à casa, mas tinha ficado por isso mesmo. Demonstrou total apoio ao movimento, disse não saber sobre a questão contratual, se a renovação foi de três ou seis meses. Ele afirmou que surgiu a ideia de reformar a casa, para que ela oferecesse mais segurança, melhorar as estruturas e que o custo, está orçado em torno de R$ 12.000 e, isso levaria muito tempo, devido ao processo licitatório."Caso não haja a decisão de alugar outra casa, o plano b seria fazer uma reforma", afirma Djair. No momento da ocupação a diretora não se encontrava no campi, pois tinha ido a Salvador, mas foi contactada, a fim de que soubesse do que estava acontecendo. Djair foi bastante positivo e afirmou que "os superiores só agem de acordo com o nosso comportamento". Ícaro ratificou que foi enviado um documento com todas as reivindiações para a gestora da universidade. Ao final dessa reunião foi questionado pelo membro do NAE, se enquanto isso os residentes iriam continuar acampados, e a resposta foi enfática" se lá não tem encanamento, chuveiro nos banheiros, bomba de água, e aqui tem, então ficaremos aqui até que seja providenciada uma nova casa". A principal reivindicação dos residentes universitário é a rescisão do contrato que a UNEB fez com a atual proprietária. Afirmam ainda que isso só chegou a este ponto pois não dava mais para sustentar a situação, afinal, a casa apresenta paredes com infiltrações, canos entupidos, portas com vidros quebrados, portão sem fechadura, computador quebrado, banheiros sem chuveiro, etc. A ocupação aconteceu à partir das 9:00hs.
Fonte: Dia-a-dia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desfile cultural Em Ichu (semana cultural 2011)

Terceiro Arraiá da Independente FM