quinta-feira, 7 de julho de 2011

Seminário reune os territórios do Sisal, Portal do Sertão e Bacia do Jacuípe para discutir sobre segurança alimentar e nutricional .


Nesta semana, representantes da sociedade civil organizada e dos municípios que compõem os territórios de identidade do Sisal, Portal do Sertão e Bacia do Jacuípe vão discutir sobre segurança alimentar e nutricional. A cidade de Feira de Santana sediará, nos dias 7 e 8, a Conferência Territorial de Segurança Alimentar e Nutricional onde serão levantadas as demandas e necessidades de cada região. Do evento, que acontecerá na Universidade Estadual de Feira de Santana, sairão os delegados e as sugestões levantadas para 4ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, a ser realizada em Salvador, em setembro deste ano.Promovidas pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia (CONSEA-BA) e Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) as conferências têm como tema “Alimentação Adequada e Saudável: Direito de Todos”. Segundo Elane Ferraz, superintendente de Segurança, Inclusão e Assistência Alimentar (SIAA) da Sedes, o objetivo é construir compromissos para efetivar o direito humano à alimentação adequada e saudável na Bahia e promover a implementação da Política e do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) com participação da sociedade.

Em novembro, também na capital baiana, vai acontecer a 4ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que contará com a presença da presidenta Dilma Rousseff.

Os municípios que participarão da conferência são: Feira de Santana, São Gonçalo dos Campos, Conceição de Feira, Santo Estevão, Ipecaetá, Antônio Cardoso, Anguera, Tanquinho, Santa Bárbara, Santanópolis, Coração de Maria, Amélia Rodrigues, Teodoro Sampaio, Terra Nova, Conceição do Jacuípe, Irará, Água Fria, do Portal do Sertão; Baixa Grande, Mairi, Gavião, Capela do Alto Alegre, Ipirá, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Riachão do Jacuípe, Serra Preta, Várzea da Roça, Várzea do Poço, São José do Jacuípe, Quixabeira, da Bacia do Jacuípe; e Araci, Barrocas, Biritinga, Candeal, Cansanção, Conceição do Coité, Ichu, Itiúba, Lamarão, Monte Santo, Nordestina, Queimadas, Quijingue, Retirolândia, Santa Luz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia, Tucano e Valente, do território do Sisal.

CONSEA - O Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia (CONSEA-BA) é um órgão colegiado de aconselhamento ao governador do Estado para as políticas de Segurança Alimentar e Nutricional da Bahia. Criado em 14 de maio de 2003, propõe políticas, programas e ações que assegurem o direito à alimentação adequada e saudável, garantido constitucionalmente e estimula que a sociedade participe da formulação, execução e acompanhamento destas políticas de SAN. Considera que a organização da sociedade é uma condição essencial para as conquistas sociais e para a superação definitiva da exclusão.

Inspirado nas resoluções da 3ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada em julho de 2007, o CONSEA-BA trabalha sobre diferentes programas, como a Alimentação Escolar, o Bolsa Família, a Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar, o Água para Todos, entre outros. O CONSEA-BA é formado por 72 membros - 48 representantes da sociedade civil organizada e 24 representantes do Governo Estadual, além de 10 observadores convidados.

Segurança Alimentar e Nutricional é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desfile cultural Em Ichu (semana cultural 2011)

Terceiro Arraiá da Independente FM